Fisioterapia

TRATAMENTO DO NEUROMA
DE MORTON

O que é e

como ocorre o

neuroma de Morton??

O neuroma de Morton é uma dilatação (alargamento) benigna de um nervo plantar (nervo da região da planta do pé chamado interdigital), que ocorre com maior frequência entre o terceiro e quarto ossos dos metatarso (a parte anterior do pé, atrás dos dedos).

Neuroma de Morton.jpg

CAUSAS

A causa mais provável é a compressão entre dois ossos do metatarso e/ou sob o ligamento metatarsal transverso, ligamento que conecta dois destes ossos. Esse problema é muito mais frequente em mulheres devido à utilização de sapatos apertados na parte da frente e de saltos altos, o que facilita a compressão.

SINTOMAS

Dor e dormência (na região mencionada) quando o pé é apoiado no chão são queixas frequentes. A compressão direta entre os dois metatarsos na região afetada desencadeiam ou intensificam os sintomas. Repouso e a retirada do sapato em geral aliviam os sintomas.

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico é feito através da história e do exame médico. A ultrassonografia e a ressonância magnética demonstram o espessamento do nervo no espaço interdigital (entre os dedos), geralmente ao nível do ligamento intermetatarsal. Em casos duvidosos (neuromas muito pequenos), o bloqueio anestésico do nervo (infiltração) pode confirmar o diagnóstico.

Como é feito

o tratamento do

neuroma de Morton??

O tratamento pode ser clínico ou cirúrgico dependendo da intensidade dos sintomas.

TRATAMENTO CLÍNICO

O uso de palmilhas para apoio do arco do pé e suporte plástico sob os dois ossos metatársicos afetados podem aliviar os sintomas. As infiltrações ou bloqueios com injeção de corticoide também aliviam a inflamação. Muitos pacientes apresentam uma boa evolução com o tratamento clínico.

TRATAMENTO CIRÚRGICO

Na falha de controle da dor através do tratamento clínico, o tratamento cirúrgico está indicado. A cirurgia consiste em ressecar o segmento afetado do nervo (neurectomia), incluindo o neuroma. Em torno de 75% dos pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico apresentam melhora completa ou parcial da sintomatologia.